Crónicas Matinais

[ terça-feira, abril 15, 2003 ]

 

Bom dia. Estou com anemia! ( muito gosto eu de versejar...)
Mas, quer rime quer não, é verdade.

Outra coisa:
Recebi um e-mail da senhora drª Helena Miranda , onde ela me trata por você. E comenta o meu comentário sobre José Saramago.
( Lena, como me tratas com formalidade, responder-te-ei em conformidade ;) )

O email é este:
Olá cara Ana
Sou fiel leitora deste blog, desde a sua criação.
Li o comentário que fez ácerca do artigo do Saramago no El País.
No que diz respeito à escrita do nosso nobel, o que me acontece é que
acho
os livros fabulosos, as ideias geniais, mas à medida que as páginas vão
passando, sinto-me a perder o entusiasmo, a perder o entusiasmo, de
maneira
que nunca consegui acabar nenhum.
Por exemplo, este último "O Homem Duplicado", tem um ritmo e uma
fluidez
tal, que me lançaram num consumo quase obsessivo da obra. Só que
bastou-me
parar durante dois dias (no ponto, e repare-se, em que ia já com mais
de 3/4
lidos) para nunca mais regressar. Começo a pensar que é um caso de
incompatibilidade.

Quanto à política:
O caso de Cuba foi realmente vergonhoso


A resposta:
Minha cara amiga,
ler, por exemplo, " O Ano Da Morte De Ricardo Reis" e " Ensaio Sobre A Cegueira" é entrar no reino mágico da genialidade. Só que não é para todos.
Diz a minha amiga que vai perdendo o entusiasmo à medida que vai lendo. ...Isso não será gases?
Pergunto isto porque , a sobrinha de uma amiga de uma prima de uma colega da minha tia , em segundo grau, tem o mesmo problema.
A rapariga comprava os livros, lia as badanas , entusiasmava-se , lia os primeiros capitulos e depois parava de os ler. defenitivamente.
Veio a descobrir-se que, por via dos gases, ela começava a contorcer-se , sempre que lia em posições desconfortáveis, e perdia todo o interesse na leitura desses livros. Talvez porque o retomar a leitura dessas obras, lhe lembrasse as dores dos gases , não lhes voltava a pegar. Life is cruel...
Por isso me lembrei que pudessem ser gases, drª Helena; mas não sei.
Também pode ser, e tal como diz, incompatibilidade...
O que estimo é o que lhe desejo, e muito obrigada pela preferência.

Hihi, isto é que eu gosto de responder a e-mails via blogue! ...Se calhar também abro uma secção de correio sentimental...acho que até tenho jeito...Hum...

Ana [4/15/2003 11:12:00 da manhã]