Crónicas Matinais

[ sexta-feira, junho 06, 2003 ]

 

O Humor e a falta dele

Vem isto a propósito das reacções ao bom humor da querida Papoila.
Já Camilo Castelo Branco, e muitos outros, o disseram: Rir, rir de tudo, dos outros e de nós, é fundamental.
E é mesmo. E por isso, quando ontem li os relatos bem dispostos que a Papoila fez do " É a Cultura, Estúpido!", ri-me muito. Mas não me ri das pessoas que a Papoila descreve, ri-me porque o texto é muito engraçado e o objectivo era fazer rir; não insultar ninguém. E é por isso que me encanitam ( apesar de , infelizmente, previsíveis) as reacções violentas aos escritos da Papoila. Ninguém insultou ninguém; apenas foram feitos comentários ,bem humorados , ao aspecto exterior de pessoas.A descrição de uma pessoa não é um insulto. Todos nós os fazemos, mesmo o que agora possam estar irritados. Quando algum dos ofendidos volta a rir da descrição de alguém, talvez perceba que isso é normal, e faz bem! E talvez olhe para o espelho e diga: " ó pá, se calhar fiz figura de urso ao ofender-me por tão pouco"; ou não.

Rir, rir é sempre o melhor remédio.
Até este senhor o faz, juro!

Ana [6/06/2003 12:02:00 da tarde]