Crónicas Matinais

[ sexta-feira, julho 18, 2003 ]

 

Blogo-esfera (MENOS)

Acho graça quando leio blogs, não propriamente anti-blog, mas anti-certas-maneiras-de-estar-nos-blogs. Há até quem se entretenha a fazer listas de comportamentos.
Essas listas, grosso modo englobam sempre comportamentos com altos índices de negatividade.
Ora, eu pergunto: se os comportamentos nos blogs são A, B, C, ou D, e se A, B, C ou D correspondem a umbigismo, vontade de aparecer, exibicionismo ou arrogância, por exemplo , onde encaixam os senhores e senhoras dos blogs que apontam esses comportamentos?

Vejo este "fenómeno" de apontar o dedo da mesma forma que sempre vi o "fenómeno" dos portugueses que estão sempre a dizer mal de Portugal e dos portugueses em geral. Como se não fossem eles também cidadãos lusos e, por consequência, responsáveis de igual forma. Pelo que está bem e pelo que está mal.

Acho graça , por exemplo, a quem levanta a voz ( o teclado) para dizer , com desprezo, que há detentores de blogs que estão nisto para se mostrarem , para serem olhados , como dar a conhecer o que pensam e o que defendem. Como se , estando a escrever isso, não pretendessem a mesma coisa.

Custa alguma coisa admitir que, no fundo, queremos todos repartir? queremos todos ser ouvidos e ouvir?
Custa alguma coisa admitir que, no fundo, gostamos de gostar dos outros e que gostem de nós?
Custa alguma coisa admitir que somos todos humanos e, por conseguinte, cheios de defeitos e com algumas qualidades? E que isso está à vista nos blogs, porque é a realidade da existência?

Por muito que, como humana que sou, não goste quando me criticam ( ninguém gosta ), tenho de aceitar ; porque faço exactamente o mesmo. E é assim a vida e sempre será e não me venham cá com tratados filosóficos e meditações transcendentais . Sempre me irritou quando se complica o que é fácil; mesmo quando sou eu a fazê-lo.
Agora, cuspir no prato onde se come...não!


Blogo-esfera ( MAIS)

Eu sei. Estou sempre a falar do Aviz e do Desejo Casar.
Mas que culpa tenho eu se de cada vez que abro esses blogs me maravilho!?
Por exemplo: uma pessoa levanta-se cedinho, lava-se, faz a sua primeira dose de chá, abre o computador, clica no seu blog pessoal, entra nos links favoritos e depois lê textos como Desejo Amor ou Preconceitos; como os posso deixar passar em branco? Como?

Como, se esses(e todos os outros textos) nos ficam gravados na pele?


Blogo-esfera ( Novidades)

Recebi um e-mail muito simpático do autor deste novíssimo e interessante blog Serra-Mãe.
No e-mail, A. diz-me que acompanha este e outros blog e -frontalmente- pede para dar a conhecer o seu Serra-Mãe.Gostei da frontalidade.
Dou as boas vindas a este novo blog; desejo as maiores felicidades ao A. e ao seu blog; prometo que o visitarei...mas peço-lhe uma coisita:
Por favor, não pense que por eu o mencionar tem a obrigação de me retribuir!.
Nada disso.

Eu agradeço muito, enternecidamente , a quem me linka; mas a ideia de fazer favores, do "em troca"; da retribuição por obrigação ,entristece-me.

Bem vindo!



Ana [7/18/2003 01:37:00 da tarde]