Crónicas Matinais

[ quinta-feira, julho 10, 2003 ]

 

Italianos vs alemães ou porque é que eu gosto de ter um blog.


E digo isto porque, ainda esta manhã , na reunião de editores, quase que me pegava com um deles ( eu sou a única mulher; mas quem usa saias até nem sou eu, mas um colega escocês, mas isso agora também não interessa) , porque a tendência é querer defender os supostamente "ofendidos".
Como sabem, depois de Berlusconi ter dito ao eurodeputado alemão que ele dava um bom "Capo", o caso foi encerrado com o telefonema ao chanceler , no qual o chefe de estado italiano terá pedido desculpa.
Mentira.
O caso está mais vivo do que nunca. Isto porque um responsável político e governamental italiano ( querem pormenores , tratem de investigar , se fizerem favor, que, aqui no blog, eu não estou "de serviço" e gosto de falar sem entrar em pormenores) disse que os turistas alemães que visitam Itália não passam de loiros arrogantes e ultranacionalistas. O chanceler, ferido no seu orgulho , cancelou as férias que já tinha agendadas em Itália.
Pronto. Agora os analistas políticos falam em : guerra diplomática; possibilidade de corte de relações; retaliações; etc.
Certo. Tudo muito certo.
O que tem piada-se me permitem a expressão- é a visão jornalística da coisa.
Ontem, na minha amada BBC perguntava o pivot de serviço, a uma das correspondentes em Berlim :
- Já se ouvem piadas/anedotas sobre italianos aí?
- Será que , ficando em Hanovver, o chanceler vai ter , realmente , férias?
E outras coisas do género. Eu fiquei boquiaberta com a pertinácia das perguntas, e com a preocupação do colega britânico pelo descanso do chanceler alemão.
Hoje, na tal reunião, ainda fiquei mais.
Estava um dos meus colegas a falar do assunto e, em jeito de sugestão à editora da manhã, disse que "era interessante sondar a opinião dos alemães sobre os italianos, porque eles têm direito de resposta". Pasmei!
Isto já se sabe, as opiniões, como diria a Drª Rute Remédios, são como as vaginas: quem as quer dar, dá; Mas quando ia começar a dar a minha - opinião, bem entendido!- apareceu um dos editores-séniores, que por acaso é boche, e ofereceu-se logo para arranjar depoimentos de alemães devidamente ofendidos para responder, na mesma moeda, aos italianos.

Ou seja, todo este circo vai dar muito que falar. Vai alimentar esta época tão parca em notícias sérias. Iupi!

Eu, que , no blog, posso dizer o que quiser sem correr riscos ( os e-mails e comentários ofensivos para mim vêm de carrinho) digo só isto:
Por mim quero é que os alemães se lixem! Por mim o chanceler pode passar as férias onde quiser, mas, de preferência longe . Bem longe. E como eu também espero dar um salto a Itália , acho lindamente que ele fique lá por Hannover.
E digo mais: Como o bronzeado made in Itália é mais bonito, seguramente, que o made in germany, e para mostar, também eu, alguma preocupação pelos ofendidos...aconselho, a todos os loiros arrogantes e ultranacionalistas, chanceler incluído, que cancelem férias em Itália, auto-bronzeadores!

Boas férias, e desculpem qualquer coisinha.

Ana [7/10/2003 12:55:00 da tarde]