Crónicas Matinais

[ terça-feira, agosto 05, 2003 ]

 

Pois é.

É sempre "suspeito" quando se fala de alguém, especialmente se é uma figura mediática, que morreu.
Normalmente mesmo os maiores estupores , depois de morrerem, transformam-se em heróis ; com direito a rasgados elogios.
Mas, como em tudo na vida, não pode pagar o justo pelo pecador.
E é por isso que tenho de falar -com saudade- da jornalista Helena Sanches Osório.
Morreu. Ontem. Tinha 55 anos de idade. Estava doente há dois.
A família garante que morreu em Paz.

Aprendi muito com ela. Não que fosse das minhas relações pessoais, não era. Mas aprendi muitas, muitas coisas com ela.
O meu amor à profissão também tem o dedo dela.

Digo-lhe adeus. E sinto-me realmente triste. E digo-lhe Obrigada!!

Ana [8/05/2003 10:48:00 da manhã]