Crónicas Matinais

[ segunda-feira, setembro 29, 2003 ]

 

Há uns anos sonhei que estava na cama com a Leni Riefenstahl. Calma.
Os mais afoitos podem voltar a fechar a braguilha que daqui não vai sair nada que possam imprimir , para depois se divertirem em casa...
Foi um " estar na cama" ao jeito daquele programa muito jeitoso, apresentado pela Alexandra Lencastre, o " Na Cama Com ".
De maneira que estavamos lá as duas , eu de meias e camisa, e ela com um uniforme das SS, e eu pergunto-lhe:

-Olha lá, ó Leni, tu achas mesmo que é possível um gajo, ou uma gaja, ver aquela merda daqueles filmes que tu fizeste e separar a tua "arte" da ideologia que tu defendias? E, Leni, repara que até nem me estou a referir aos filmes da propaganda que tu fizeste, com orgulho, para o paneleirote do bigode; estou até, para já, apenas a pensar nos filmes bucólicos , com muitas montanhas e ar puro e cabras e -desculpa o plenonasmo- contigo a protagonizar?

E ela responde-me:
-Bem, assim de repente...

E eu:
-Assim de repente, tu a fazeres de Junta, muito virgem e cheia de bons princípios morais; casta e, desculpa repetir-me, qual cabra...montesa , à procura de um tesouro oculto...fazes-me lembrar o presidente da câmara de Tavira. isto no sentido figurado, claro, que o homem não tem culpa que tu também fosses toda anti-fumo em particular, e poluição em geral.

Ela: Achtung...

Eu: Santinha, filha; quer dizer, tu de santinha não tens nada...

Ela: Achtung , comigo! Eu sou a musa do nazismo; sou uma artista de alto gabarito! Não sou como aquela debochada da Marlene (N.A.Marlene Dietrich, actriz de origem alemã, universalmente célebre pela personagem " Lola Lola",no filme O Anjo Azul(1930); Marlene ficou também conhecida por ser HUMANA e por ter andado a percorrer os acampamentos dos aliados a estimulá-los na lutra contra o assassino nazi; o mais conhecido deles, o baixote de bigode.) , uma devassa , que se entretia em espeluncas cheias de fumo a cantar e dançar para homens sérios a quem ela, promíscua , seduzia ! Ela é Weimar ! E eu sou a Alemanha respeitável e limpa!

Eu: Olha, filha, para além de constipada , nazista e cabra ( por via dos montes), és mesmo muito estúpida!
Tu não sabes que essa vida de "Lola-Lola"...era no filme?! Era arte, topas , ó minha besta? Ela era uma actriz! Morre tanta pomba assassinada e só tu é que ainda cá andas, ó artista...

Ela: Achtung!

Eu: Santinha! Arre que és chata! Olha acabou-se a entrevista. Não quero cá perdigotos nazistas ; vai mas é filmar lá os soldadinhos de chumbo e os paneleirotes dos teus amigos ; mais as cabras das tuas irmãs e os culturistas arianos dos teus irmãos...no Inferno!
E mais, digo-te a ti, para que tu possas dizer aos teus admiradores: quem te defende é igual a ti! Quem acha que o que tu fazes pode ser separado do que tu és , ou é nazista, ou está a precisar , das duas uma: ou de um curso de arte; ou de uma lobotomia.
Andor...dá corda aos sapatinhos; põe-te na alheta!

Ela:Eu vou! Eu sabia que não podias ser da minha raça superior e...hei! ai! ai que isso dói! Socorro!!!! Acudam-me , meus irmãos do Reich! Aiiiiiiiiii


Enfim...alguém me quererá perguntar, agora, porque é que eu não coloquei aqui- eu que gosto tanto de filmes- posters de filmes desta filha do diabo, quando ela morreu?
Vá perguntem...não tenham medo...




Ana [9/29/2003 12:33:00 da tarde]