Crónicas Matinais

[ segunda-feira, setembro 29, 2003 ]

 

Tenho a correspondência em atraso.
Vou resolver isso ainda hoje, espero eu. Peço desculpa pela demora.

Já agora, e como tenho uns minutinhos livres, posso já responder ao Rui Mergulhão que, por e-mail, me pergunta : « a festa de passagem de ano dos judeus comemora-se como a dos outros?»
Hum...
Não percebo muito bem o que significa os outros, mas, se for o que estou a pensar a resposta é: depende!
Ou melhor, a resposta é não! Hum...quer dizer, Rosh Hashanah é uma data religiosa e, sim, espiritual. Não é uma festa num casino ; num hotel de 5 estrelas ou assim...

O Rui , penso eu, está a querer saber se os judeus, de sexta para sábado, se embebedaram; vomitaram uns em cima dos outros ; dançaram o " Bomba", com uma mão na cabeça e um movimento sexy; bateram em tachos e panelas; engoliram passas e pinhões; vestiram roupinhas com lantejoulas e fatos escuros ; enfardaram bolo-rei e atiraram serpentinas e balões...não é?
Pois a resposta é, definitivamente, não!

Essa festa de passagem de ano, que se comemora de 31 de Dezembro para 1 de Janeiro, no nosso calendário ocidental comum, não é uma data religiosa e espiritual...está a ver a diferença?
:) Vai ter de esperar mais de 3 meses para poder ver judeus, bêbados, a dançar o "dizem que a cachaça é água(...)" e a comer uvas passas , está bem?

Um beijinho e, lembre-se, o que importa é andar sempre de bom humor...e que haja saúde!

Ana [9/29/2003 11:11:00 da manhã]