Crónicas Matinais

[ quarta-feira, junho 02, 2004 ]

 

60 anos

Eu sei que parece muito importante comentar as frases, calorosas, que fazem a actualidade:
«Não grite que aqui ninguém é surdo!»; « Senhor careca, de óculos grandes e esquisitos»; « o PP nasceu do ovo da serpente; é racista e de extrema-direita»; etc.
Ou então as luzinhas e fuminhos misteriosos que, esta noite,afligiram a população portuguesa.
Só que dá-se o caso de não me apetecer perder tempo com garotices e palermices.

Em substituição conto-vos uma anedota muito gira:

Um russo e um checo encontram juntos um tesouro no deserto.
Diz o russo ao checo:
"Camarada, vamos partilhar o tesouro como irmãos socialistas".
Ao que o checo responde: "Deixa-te de tretas, metade para cada um."



Entretanto ventos favoráveis vão levar-me para a Normandia lá mais para o fim da semana. Porque a memória não morre e porque a vida não é só feita de filmes.



Ana [6/02/2004 10:07:00 da manhã]