Crónicas Matinais

[ quinta-feira, outubro 07, 2004 ]

 

Vocês desculpem, se fizerem favor, mas farto-me de rir com as tricas e as teorias da conspiração que dominam a actualidade portuguesa; actualidade que , de resto, acompanho também pelos blogs.
Ontem, mal o professor Marcelo anunciou que deixava a TVI, logo nos blogs , especialmente os ditos de esquerda, se encontrava o culpado: o Governo! As pressões insustentáveis do governo. Gritou-se logo: « é a censura que volta!»
Até pode ter fundos de verdade, ie, admito as pressões , sou jornalista e sei o que a(s) casa(s) gasta(m). Mas o que acho mais engraçado é que são esses que logo apontaram o dedinho, os mesmos que enchem a boca, por tudo e por nada, com a «presunção de inocência» e o diabo a quatro. Mais ainda: finalmente rendo-me às evidências : grosso modo, Portugal é um país de anjinhos.
Há um ministro de acusa Marcelo de ir longe de mais ; reacção apatetada . Mas reacção que mostra, pelos menos a quem tiver mais que dois neurónios, que se o objectivo fosse afastar Marcelo, isso teria sido feito em silêncio, pela calada...como sempre acontece.
Que a Média Capital queira acalmar o explosivo professor já me parece mais lógico e, aliás, nada estranho. Não me fodam com ideiazinhas inocentes. Todos sabemos como o mundo funciona , que não há almoços grátis e que há interesses em tudo. Cada comentário político feito na TV, nos jornais, nas rádios -- até nos blogs!--traz água no bico. Tem um objectivo. É um lóbi.Em pequena, média ou larga escala ,mas é . Cada um pretende convencer alguém sobre um determinado assunto. É assim que funciona o mundo e a humanidade.
O professor Marcelo Rebelo de Sousa é uma raposa velha. Inteligente e sabe muito bem o que faz, e escolhe bem o momento. Passar por «mártir» agora dá-lhe um jeito do caraças. Ou esqueceis vós, ó iluminados, que a ideia de se candidatar às presidênciais passa pela sua cabeça bronzeada? Que melhor propaganda para fazer campanha que insinuar a censura? Até o mais empedernido comunista se solidarizará com o professor.
Olhem, perizemplo, esse "jornal" que dá pelo título de «24 Horas» chega hoje ao cúmulo de escrever, em manchete :« Já há um abaixo-assinado a circular - Saída de Marcelo da TVI deixa Portugal em choque».
Portugal em choque, vejam bem!!!
Portugal encontrou o seu novo herói!
Que espectacular golpe de marketing... tiro-lhe o chapéu.

Ana [10/07/2004 10:49:00 da manhã]