Crónicas Matinais

[ quarta-feira, dezembro 15, 2004 ]

 



Querido Pai Natal :
Como todos os anos, faço-te chegar , com tempo, a minha listinha de presentes pretendidos.
E vê lá se este ano te decides a dar parecer positivo às minhas demandas porque começo a pensar seriamente que , das duas uma: ou não existes ou és anti-semita.
Sim, sim. E se é a segunda opção a acertada, lembra-te que o menino Jesus também era judeu e esta história dos presentes começou por causa dele. Por isso deixa-te de merdas.
Bom, queridíssimo Pai Natal:
O presente que eu mais queria, este ano, é uma inflamação nas cordas vocais.Mas não é para mim! Tu bem sabes que eu não sou, nem egoísta nem invejosa, e que tudo o que peço é para os outros. Não é esta a altura da solidariedade? Pois então!
É para o senhor Francisco Louçã.Se já não tiveres mais inflamações em stock , então pode ser uma viagem para a Sibéria. Só ida.

Outro presente que também gostava muito de ter é uma máquina do tempo.Para dar ao senhor Jerónimo de Sousa. Em não havendo, pode ser ou um CD de "hot dance music ", ou um vale de compras do "Continente".

Outro vale de compras, mas da "Macmoda",é o que gostaria que também me desses para o poder oferecer ao senhor José Sócrates. Isso e uma caixa de antidepressivos, sortidos,para ele utilizar depois de 20 de Fevereiro.

E uma nova certidão de nascimento.Porque esse é o presente que gostaria muito de ceder ao senhor Pedro Santana Lopes. Para que o embrulho não seja demasiado fininho podes juntar, se fizeres favor, vários números da revista "Filhos e Enteados" , especialmente os editorados pelo Prof.Cavaco Silva.Ah, e uma enciclopédia sobre música clássica.

Em havendo orçamento, gostava que me oferecesses ainda mais uns presentes:
- Uma t-shirt com os dizeres: «Eu é que sou o Presidente» embrulhada num P1 destinado a uma consulta especializada em doenças que provocam amnésia.Para o senhor de Belém.
- Um balde de soldadinhos de chumbo, um jogo electrónico de batalha naval e um exemplar do livro "Caim e Abel", para eu ofertar ao senhor Paulo Portas.
- Trens de cozinha , com ovos e cogumelos mágicos incluídos, para os amigos e simpatizantes do Bloco de Esquerda.Mais uns exemplares da revista "Forbes" com a classificação das maiores fortunas mundiais.
- Senhas de sessões privadas com um grupo de sodomitas,para eu distribuir por todos aqueles que comparam , seja quem for, com o ditador alemão baixote de bigode ridículo;e para todos os altermundialistas ou lá como se chama essa treta.

Já agora,e porque como se costuma dizer, em estrangeiro : la charité bien elevèe commence toujours par soi même , peço qualquer coisita para mim.
A paz no mundo; o fim de todas as guerras; e o fim da fome.
Mas não te preocupes se não poderes satisfazer estes meus últimos pedidos. Afinal de contas o que importa é a minha vontade de presentear os outros e de não ser egoísta ...certo?

Beijinhos para ti e para a Mary Christmas!
Feliz Natal e até pró ano!







Ana [12/15/2004 10:18:00 da manhã]