Crónicas Matinais

[ quarta-feira, junho 01, 2005 ]

 

Nasceu a Leonor!

Para a querida mãe e para o querido pai todos os parabéns do mundo!
Para a princesa Leonor um presente : fraquito, umas mal traçadas linhas abruptas ,quiçá poesia. Já sabeis, terei alma de poeta, mas nem a pena, nem o talento, colaboram.
Quero lá saber. É do coração. Para os três.

L de Lealdade, LEONOR. Pequena flor - amor perfeito.
E de Embalar,enternecer -o toque dos teu pequenos dedos -entrelaçar
O de Obra-prima: olhos com estrelas, cheiro doce - algodão rosado.
N de Namorar-te : pegar-te e cantar-te canções com fadas -ver-te dormir.
O de Oração -pequeno anjo. De Obrigada. De Obrigado.
R de Recordar - pela vida fora - o dia em que o sol nasceu.
*************************************************************************************

[ Devem-me, os três, sete euros e meio de rímel -regard sublime- YSL. ]

Ana [6/01/2005 12:29:00 da tarde]